Incêndio destrói linha de produção da Arvoredo Brasil e Coopaflora

Fonte: Arvoredo do Brasil / Sugestão do internauta Gilmar do Amaral

Por douglas.almeida

O IAF – Instituto Agroflorestal Bernardo Hakvoort juntamente com a COOPAFLORA – Cooperativa de Produtos Agroecológicos, Florestais e Artesanais de Turvo, trabalham mutuamente para combater a acelerada descaracterização e degradação da Floresta Ombrófila Mista (Floresta com Araucária) no município de Turvo e Região Centro-Sul do Estado do Paraná. Essas instituições dedicam-se ao fortalecimento da “Agricultura Familiar” no “Ambiente Florestal”, através de Assessorias a Produtores Familiares busca o Desenvolvimento de Tecnologias Alternativas Adaptadas a Realidade Local, conciliando Produção e Preservação dentro do Ecossistema Floresta com Araucária.

Atualmente são atendidas mais de 170 famílias nos municípios de Turvo, Boa Ventura do São Roque, Santa Maria do Oeste, Iretama, Guarapuava, Campina do Simão e Palmital. Estas propriedades atendidas são responsáveis pela produção de mais de 30 espécies de plantas medicinais, condimentares e aromáticas, as quais são produzidas de forma orgânica e ecologicamente corretas. Estes produtos podem ser encontrados no mercado com as marcas COOPAFLORA e ARVOREDOBRASIL.

Nesta data, dia 07.03.2012, com muito pesar, informamos que devido a um curto circuito na instalação elétrica, esta edificação, a qual estava em pleno funcionamento, foi consumida por um devastador incêndio. Notamos que além da estrutura de secagem, o fogo consumiu com diversos equipamentos, plantas armazenadas, além de danificar as outras estruturas de secagem existentes no pátio da Cooperativa.

Estes danos representam para a Região um grande retrocesso nas atividades que estão em desenvolvimento. Notamos que estamos em pleno período de safra, onde mais de 130 agricultores estão com as produções a campo e dependem das unidades de secagem para o beneficiamento desta matéria-prima. A Coopaflora contava com três unidades de secagem, porém uma foi totalmente extinta pelo fogo e outra ficou seriamente comprometida. Notamos que os prejuízos oriundos deste incidente rondam a casa de R$ 105.000,00, e se não recuperada com urgência, podemos contar estimar um prejuízo para os agricultores na ordem de R$ 325.000,00.

No momento, nossa meta é garantir a reestruturação desta unidade de beneficiamento o mais rápido possível, visto a grande importância disso na busca de impactos positivos para nossa região e os agricultores que dependem desta unidade para a manutenção de seus lares. Informamos que já começamos uma campanha de captação, aceitando doações dos membros da nossa própria organização. Porém buscamos também juntos aos nossos parceiros, qualquer tipo de contribuição financeira ou indicativa, que nos leve a atingir esta meta emergencial. Notamos que sua ajuda será de grande valia frente a este nossa empreitada.

Para agradecer sua contribuição para a melhoria de qualidade de vida de nossa comunidade, colocamo-nos à disposição para divulgar o nome da empresa doadora em nossos eventos e redes sociais.

Agradecemos por ter lido esta carta e esperamos que você considere nosso pedido de doação. Se tiver qualquer perguntam, ou precisar de mais informações, sinta-se à vontade para enviar um e-mail para iafturvo@yahoo.com.br ou visitar nosso website www.lojaarvoredobrasil.com.br.

Dados para doações:

Instituto Agroflorestal Bernardo Hakvoort

CNPJ 00.853.993/0001-44

Banco Itaú Ag 4036 C/C 09072-0

Cooperativa de Produtos Agroecológicos Florestais e Artesanais de Turvo

CNPJ 08.144.387/0001-61

Banco Itaú Ag 4036 C/C 08365-9

Agradecemos a colaboração de todos.

Isto foi postado em Geral e com as tags , , . Salvar o permalink. Deixar um comentário ou enviar um trackback:URL pra trackback.
Compartilhe
  • Twitter
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn

Postar um comentário

Seu email nunca vai ser compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Você pode usar estas tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • RSS Facebook Twitter